Diferença entre carros híbridos e elétricos

A sociedade vem evoluindo em busca de uma solução sustentável e ecológica para os automóveis. O objetivo é poupar cada vez mais os recursos naturais não renováveis e construir uma opção acessível. Na busca por alternativas menos nocivas à natureza, além da ecolavagem  Wicar que economiza 400L de água por veículo, temos os carros híbridos e elétricos. Hoje o post do blog da WiCar vai falar sobre a diferença dessas duas categorias.

Carros híbridos:

A principal característica dos carros híbridos é que eles possuem duas fontes de energia, um motor elétrico e um a combustão, eles trabalham em conjunto.

Existem 3 tipos de veículos híbridos:

No híbrido-paralelo os dois motores geram tração para mover as rodas do carro. Por isso, diz-se que os dois funcionam paralelamente. Geralmente, o elétrico está conectado ao eixo dianteiro, e o eixo traseiro é movido pelo motor a combustão.

Já o modelo híbrido-série é exatamente o contrário, apenas o motor elétrico gera tração, e o motor a combustão é usado para alimentar a bateria.

Nos modelos híbridos-mistos, os dois motores movimentam o veículo. Nesses automóveis existem um sistema eletrônico que avalia o tempo inteiro, as condições do veículo e do percurso. Ele decide qual é o melhor momento de se usar o motor a combustão ou o elétrico. O motorista também pode escolher com qual dos dois quer rodar através de um menu. Geralmente quando se transita em baixas velocidades o motor elétrico é o responsável pelo funcionamento do carro, enquanto isso versão a combustão gera energia para recarregar as baterias junto com o sistema de frenagem.

Carros elétricos:

O carro elétrico utiliza somente o motor elétrico, não possuindo o motor por combustão como o de gasolina e álcool. Ou seja, utiliza somente a energia elétrica no lugar no combustível convencional.  Os carros elétricos ainda não são tão populares no Brasil por alguns fatores, um deles, pelo menos a curto prazo, é a questão da infraestrutura que esse tipo de veículo requer como os postos de reabastecimento e uma rede de recarga preparada.

Apesar de raros, já existem pelo menos 5 modelos de carros elétricos/híbridos que são comercializados no Brasil (veja abaixo).

Toyota Prius: é o veículo híbrido mais em conta vendido no Brasil. Seu preço fica em torno de R$126 mil. Seu consumo declarado pelo Inmetro é de 18,9 km/l em ambiente urbano, mas, na prática, ele chega a 30 km/l, impressionante a economia né?

Lexux CT 200h: Seu consumo declarado em ambiente urbano é de 15,7 km/l e ele vai de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos. Seu custo é de aproximadamente R$136 mil.

BMW I8: é um modelo superesportivo que vai de 0 à 100 km/h em apenas 4,4 segundos e sua velocidade máxima é de 250 km/h. Seu consumo em ambiente urbano supera os 24 km/l.

Porsche Panamera Hybrid: com investimento por volta dos R$529 mil o Porsche Panamera é um modelo esportivo híbrido. Um ponto positivo é que até 140 km/h somente o motor elétrico é usado. Por isso, seu consumo pode chegar até 26 km/l.

BMW I3: Esse é o único modelo totalmente elétrico vendido no Brasil. A versão mais básica sai por aproximadamente R$160 mil.

Deu pra ver que além de uma ótima opção para o meio ambiente, a longo prazo pode ser uma boa para o seu bolso também. Mas por enquanto os valores de venda aqui no Brasil são exorbitantes, devido ao uso de uma tecnologia importada o que nos resta é aguardar essa tecnologia começar a ser fabricada por aqui também.

WhatsApp